Temperantia – Estou de dieta & Fuga [sem saída]

temperantia_capa_

«Vejo-o como um jovem que pretende escrever teatro e está disposto a pagar o preço; avalio-o como um corredor de fundo, preparado para as voltas e as reviravoltas da estrada que deseja percorrer. Perguntei-lhe se era capaz de imaginar o futuro sem voltar a escrever uma única peça e a sua resposta – que eu intimamente já desejava – coube inteirinha numa única palavra: NÃO!»

Jaime Salazar Sampaio

 

«A peça Temperantia – Estou de dieta! de Ricardo Boléo constitui um texto de grande actualidade e muita qualidade. Quero sobressair, para além dos conflitos entre as personagens, os bem construídos monólogos que são exemplos da sua função na peça. Creio que Juju e Alice são uma só personagem num conflito que as torna sedutoras e em que o final dá ao público a liberdade de solucionar, o que é característica de um grande texto.»

Carlos Avilez